terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Aprendizado


Dias atrás aprendi que a impaciência, em grande parte das ocasiões, é fruto do egoísmo.
Quando não admitimos uma ocasião, sentimos a derrota de nossos desejos. Ao passarmos por uma situação que não nos é agradável, frustamo-nos pois nossas vontades não são atendidas. Em verdade, nos irritamos por não saber tolerar as circunstâncias que nos rodeiam. Isso não implica numa atitude passiva, e sim, em observar atentamente os fatos e procurar agir da melhor maneira, assim como a água do rio procura contornar as rochas pelo caminho. Agir não violentamente num momento difícil é saber ter paciência (ação de paz) e procurar agir para solucioná-lo de maneira que não afete nada nem ninguém.

Aprendi também há algumas horas, que amar é saber doar boas coisas de si próprio, e saber aceitar as doações das outras pessoas. Os relacionamentos humanos ainda têm o foco no "eu" e não no "nós". Raros são os que pensam no coletivo.

E sei, que este aprendizado é algo que para ser absorvido e praticado diariamente não é fácil, para nós que ainda estamos mergulhados nesse oceano de corrupção e apegos materiais.

Só posso dizer que para sermos felizes, é necessário fazer alguém feliz. Sempre.

Paz a todos.
André Garcia

Nenhum comentário: