terça-feira, 4 de novembro de 2008

Natal no Peru: entre crenças mágico-religiosas e tradições cristãs

publicado por Maíra em: Zonas geográficas Perù



O Peru pode resultar uma ótima meta para quem quiser passar um insólito Natal, sem renunciar ao seu verdadeiro significado. Esta terra sul-americana, oferece um amplo mosaico de manifestações para a celebração do Natal entre cantos, danças e tradições populares.

Em Cusco, dia 24 de dezembro a Plaza de Armas se transforma em teatro de uma grande feira onde se encontram artesãos, pastores e agricultores de toda a região para celebrar o Santiranticuy. Na ocasião é possível assistir a corrida dos Reis Magos, uma verdadeira competição de reis a cavalo, durante a qual Inkarri, Mistirri e Negrorri (Belchior, Gaspar e Baltazar) se desafiam em uma disputada corrida.

Em Puno, os protagonistas das festas natalinas são as crianças. A Wawa Q’ato é uma feira dedicada aos pequenos em que se vendem presépios feitos pelos artesãos da região. Durante as celebrações natalinas de Puno é recordado o nascimento de Jesus, mas muitas famílias mantém o costume de ler as folhas de coca depois da noite de Natal, prevendo o futuro.

Na região de Huancavelica, a sudeste de Lima, de 22 a 27 de dezembro os habitantes fazem danças pagãs-religiosas de origem medieval de fundo demoníaco, enquanto em Ayacucho, nos Andes centrais, se festeja o Natal com objetos artesanais da zona, pratos típicos e grupos de bailarinos e personagens mascarados. A festa se prolonga até 6 de janeiro, quando se celebra a chegada dos Reis Magos.

Os amantes da natureza poderão pensar em passar o Natal na floresta Amazônica, onde a natureza e os doces são protagonistas. Aqui as imagens do Natal são decorados com folhas de banana e frutas da região e se preparam biscoitos para as crianças, se come peixe, yucca e se bebe masato, uma bebida feita com o milho.

Fonte | DGMag
Foto | Flickr

Nenhum comentário: