quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Cientistas manipulam dados para provar aquecimento

'Climategate'
2/12/2009

Documentos vazados revelaram fraudes no cálculo do aquecimento global. Já conhecido no mundo como “Climategate”, em referência ao caso Watergate, o vazamento mostra que cientistas diretamente ligados à Organização das Nações Unidas (ONU) estavam manipulando índices para provar que o planeta passa por um processo de aquecimento sem precedentes.

O cientista Philip Jones, um dos apontados durante o Climategate, é responsável por criar o mais importante de quatro índices que orientam políticas climáticas de nações e da ONU. Os emails vazados mostram como os cientistas que trabalham com Jones não liberavam dados importantes de suas pesquisas e fabricavam motivos para mantê-los em segredo.

Os cientistas ligados a Jones também tentavam abalar a credibilidade de qualquer pesquisador que fosse contra os resultados apresentados. Entre os pesquisadores envolvidos no Climategate, estão responsáveis por outros índices que orientam a ONU e o braço-direito do ex-vice-presidente norte-americano Al Gore.

Leia também:

Aquecimento global – Professor nega falsificação de dados

Onde foi parar o aquecimento global?

Céticos acham que frio em 2007 reforçou seus argumentos

Céticos que abalam a fé


Fonte: http://opiniaoenoticia.com.br/vida/meio-ambiente/cientistas-manipulam-dados-para-provar-aquecimento/?ga=dstf1

Um comentário:

Ju Pic disse...

Ai ai...enquanto esses cientistas ficam aí brigando pra provar qual pesquisa é a melhor em validade acadêmica, vamos cuidar do nosso planeta!
Eu é que não quero esperar pra ver. O pior é que muitas pessoas que lerem essa discussão dos cientistas podem relaxar e deixar de fazer sua parte...