terça-feira, 17 de março de 2009

Onde mora a paz?


Mudanças são necessárias sempre.

Penso que se não gostasse de mudar ainda estaria lá, em São Paulo. Não que não goste de São Paulo. Tenho boas recordações, bons amigos lá, alguns parentes que ainda não pensaram igualmente ao meu pai.


E onde moro já está de mudanças. Ficando meio parecido com São Paulo, com trânsitos e violências. Coisas que já me fazem pensar em morar numa chácara no meio do Brasil. Lá longe.

Mas aí lembro que nada é por acaso. E se estou por aqui, é porque Ele assim sabe que é melhor pra mim. Não pelo fato de aceitar isso como verdade absoluta, ou simplesmente achar que assim deve ser e ponto final.

Nesse ponto me faz lembrar que "quem faz o lugar é a gente". A paz não mora em um lugar, não é inerente a quem vive no campo ou em qualquer cidade pequena. A paz está dentro de nós. É conquistada quando paramos de criar pensamentos inúteis. Surge quando doamos mais do que pedimos. Quando emitimos pensamentos de amizade, de amor, de bem estar aos que estão ao nosso lado. Mesmo que pareçam pessoas ruins, rudes e violentas.

Acredito que só há paz quando mudamos.

Mudar de hábitos ruins para bons hábitos.

Aí está o começo da paz.

Nenhum comentário: